Semana do trânsito: Picolé semáforo!

Atenção, pare e siga! Os pequenos já conhecem as regras do trânsito? Ensiná-los desde cedo é super saudável para promover sua consciência cidadã e já que nessa semana se comemora o Dia Nacional do Trânsito, resolvemos compartilhar uma receitinha saudável, divertida e super deliciosa para exercitar a conscientização desde já: picolé semáforo de frutas!

7

 Ingredientes:

  • 9 colheres de sopa ou 135ml de água
  • 2 colheres de sopa de açúcar (opcional)
  • 100 gramas de kiwi descascado
  • 120 gramas de manga descascada
  • 120 gramas de framboesas, morando ou outras frutas vermelhas descascadas

4

Modo de preparo

Misture a água e o açúcar em uma panela pequena e leve para ferver por cerca de 4 a 5 minutos em fogo médio.

Bata as frutas no liquidificador separadamente até chegar na consistência de um purê e separe em 3 tigelas.

5

Divida a mistura da água com o açúcar igualmente entre as tigelas com os purês e misture.

Preencha o fundo de copos descartáveis com o purê de kiwi e leve ao congelador por uma hora.

Depois, adicione o purê de manga por cima e congele por 20 minutos. E para finalizar, coloque os palitos de picolé e acrescente uma camada de purê de morango e deixe congelando até o outro dia.

Super colorido e divertido, não é? Confesse, mamãe, até você ficou com vontade! :)

6

Deixar um comentário

Dia da Árvore: dicas de leitura infantil

Elas nos protegem do sol com sua sombra, dão as frutinhas que tão importantes para o nosso cardápio, oferecem oxigênio que limpa o ar e muitos outros benefícios. Que tal aproveitar o Dia da Árvore para ensinar os pequenos sobre a importância desse bem tão precioso? Temos algumas sugestões de livros infantis lúdicos para despertar a sua consciência ambiental e o seu amor pela natureza desde cedo. <3

8

A última árvore do mundo

De repente, uma árvore se vê sozinha no mundo. Apesar disso, ela continua vivendo o seu ciclo normalmente: dá frutos, flores e abrigo a todos que vivem a sua volta. Este livrinho conta de maneira poética e delicada a trajetória da última árvore do mundo. Muito encantador para as crianças!

Autor: Lalau

Editora: Scipione, 32 páginas

Preço: R$ 29,90

Onde encontrar: www.scipione.com.br

9

Chico, o homem da Floresta

Você conhece Chico Mendes? Este livrinho conta de maneira lúdica e interessante, a história do herói brasileiro que lutou pela preservação das florestas na Bacia Amazônica. O objetivo é mostrar aos pequenos a importância da preservação da natureza, seus benefícios e também os prejuízos causados pelo desmatamento e exploração desenfreada.

Autor(a): Lúcia Fidalgo

Editora: PAULUS Editor

Preço: R$ 22,00

Onde encontrar: www.paulus.com.br/

10

A árvore generosa

Traduzida pelo escritor mineiro Fernando Sabino, “A arvore generosa” é uma fábula em preto e branco que conta a história de amizade entre uma árvore e um menino. Os estreitos laços os aproximam na infância vão se transformando em distância e silêncio, quando o pequeno começa a crescer. Ela sempre acolhe e oferta e o menino adulto tudo pede e tira. O que será que os pequenos podem aprender com essa história?

Autor: Shel Silverstein

Editora: Cosac Naify

Preço: R$ 38,20

Onde encontrar: www.amazon.com.br

11

Clarice e suas folhas

Uma pequena apaixonada pela natureza, essa é Clarice! Quando ela descobre que a sua vizinha, uma pessoa amarga e infeliz está cortando as suas plantinhas, se sentirá na obrigação de defendê-las de forma correta, educada e sensata.

Autor(a): Alexsander Rezende

Editora: PAULUS Editora

Preço: R$ 22,00

Onde encontrar: www.paulus.com.br

Deixar um comentário

Elian Life Colors: Primavera Verão 2016

No calor, a bagunça está liberada! É hora de pintar, rabiscar e descobrir as misturas inusitadas das cores! E para acompanhar a folia dos pequenos, a coleção Primavera Verão traz os tons vibrantes da temporada com uma moda cheia de vida para combinar com todas as peças do guarda-roupa. O básico é fashion!

1

Conforto e versatilidade comandam a Linha Life Colors. As meninas vão pintar e bordar à vontade vestindo leggings, corsários, bermudas e camisetas confortáveis e fáceis de vestir.  Tons de rosa e pêssego trazem mais doçura para as brincadeiras, junto com o azul, o amarelo e o verde limão, cheios de alegria.

3

Os meninos também vão curtir à beça com os amiguinhos, com pólos, regatas e camisetas nas suas cores preferidas! Tons de rosa e pêssego também marcam presença na linha masculina, fazendo par com verde água, verde limão e o tradicional azul que eles não abrem mão!

2

A linha Life Colors traz peças curingas sem deixar o estilo de lado! Confira esses e outros looks da Coleção Primavera Verão clicando aqui.

Deixar um comentário

Passo a passo: carimbos caseiros para desenhar

Se tem uma coisa que a criançada gosta é carimbo! Com essa versão caseira, elas vão criar as formas que quiserem e soltar a imaginação em desenhos super criativos. Preparado, pequeno artista? Vamos ao passo a passo!

4

Materiais:

  • Papel EVA ou papelão mais grosso para dar o efeito em relevo
  • Canetas hidrocor
  • Tesoura
  • Cola quente
  • Blocos de madeira (ou qualquer superfície mais dura)
  • Pincel
  • Tinta acrílica de cores variadas (ou almofada de carimbo colorida)

Passo a passo:

  1.  Desenhe no papel EVA ou papelão formas geométricas básicas, como círculos, triângulos e quadrados ou formas criativas como gotas de chuva e montanhas.
  2. Depois, recorte todas as formas com a tesoura.
  3. Com a cola quente, cole o papel EVA no topo da superfície mais rígida e espere um pouco para secar.
  4. No lado oposto, desenhe a forma correspondente à do carimbo para que o pequeno identifique facilmente. 

5

Passe um pouco de tinta com o pincel na parte macia do carimbo ou molhe na almofada e teste os carimbos com o seu pequeno. O efeito fica lindo!

6

Pronto, agora começa a diversão! Dê asas à imaginação para completar os desenhos usando as formas geométricas! Com um pouco de criatividade, as possibilidades são infinitas e o resultado incrível!

8 9

Casa, prédio, árvore, montanha, bichinhos… tudo é possível!

7

Entre também na brincadeira e surpreenda os pequenos com as suas formas criativas!

10

Deixar um comentário

Meu filho tem um amigo imaginário, e agora?

Você já pegou seu filho conversando sozinho? Mesmo que o papai e a mamãe não vejam ninguém, existe alguém na imaginação da criança que passou a ser seu novo amigo. E agora, o que fazer? Os post de hoje vai te ajudar a compreender melhor essa fase e dar algumas dicas para lidar com ela tranquilamente. Vamos lá?

11

Por que os amigos imaginários surgem?

Assim como os adultos criam e treinam diálogos em sua mente, as crianças também usam a imaginação para reproduzir a realidade e externalizam isso na forma do amigo imaginário. Eles surgem como uma forma da criança lidar com as suas novas experiências e descobertas e podem, inclusive, ajudar em seu desenvolvimento: aumentando a sua capacidade criativa e estimulando a sua inteligência social.

Porém, os amigos imaginários também podem surgir para suprir alguma falta que a criança esteja sentindo: carência, solidão, medo… ou para ajudar a passar por um momento difícil como a separação dos pais ou a mudança de colégio. Por isso, os papais e mamães devem ficar de olho e oferecer todo o suporte que ela precisa na família.

O que fazer e o que não fazer?                               

Quando os amigos imaginários surgem, o mais indicado é tratar a situação com naturalidade, enquanto ela não representar nenhum perigo ou prejuízo à criança. Não é legal a mamãe mandar o amigo imaginário ir embora, reprimir ou ridicularizar a criança, para que ela não seja forçada a mentir ou disfarçar. O melhor a se fazer é tentar entrar na brincadeira e aceitar que, durante essa fase, a família ganhou um novo integrante. Pergunte ao seu filho o que o seu amigo está fazendo ou que ele acha disso ou daquilo, demonstrando interesse.

Apenas tome cuidado para não reforçar muito a presença do amigo imaginário, para que a criança não comece a usá-lo para chamar a atenção do papai e da mamãe.

12

Quando devo me preocupar?

O amigo imaginário pode começar a ser uma presença indesejada quando a fantasia começa a se sobrepor à realidade. Alguns sinais são evidentes: a criança começa a usar o amigo imaginário para fugir da rotina, deixando de comer, estudar ou brincar com outras crianças reais, isolando-se de todos. Os papais e mamães também devem ficar atentos e verificar se a criança estiver usando da fantasia para dar desculpas para os seus erros, dizendo que o amigo imaginário fez ou mandou ele fazer algo errado.

Quando e como dizer adeus?

Geralmente, os amigos imaginários surgem entre os 4 e 5 anos da criança, ou podem surgir mais tarde, até os 8 anos de idade. O importante é não deixar que essa situação perdure depois dos 10 anos. Nesses casos, é bom procurar a ajuda de um profissional, do médico pediatra ou de um psicólogo.

Se você já passou ou está passando por essa experiência, compartilhe com a gente como foi. :)

Deixar um comentário