Alimentação saudável: como ensinar seu filho a comer verduras e legumes

Essa é uma cena comum: os pais tentando fazer os filhos comerem alimento mais saudáveis e eles ali resistindo bravamente, só de olho na batata frita.

 

Realmente é uma tarefa complicada. Existem coisas muito mais gostosas por aí, principalmente numa idade em que o paladar não está completamente desenvolvido. Mas como tudo na vida, também tem um jeitinho de ensinar seu filho a curtir um espinafre e uma cenoura nas refeições.

  1. Envolva-os no preparo das refeições

Decida o cardápio junto com seus filhos. Deixe que eles escolham um alimento e você outro. Tendo a vontade respeitada, vai ser mais fácil pra ele respeitar a sua. Sem contar que a diversão do momento com certeza vai ajudar bastante.

 

  1. Diversão no prato

Já experimentou caprichar na apresentação dos pratos? Que tal um rostinho feliz feito de cenoura, batata doce e tomate? Crianças adoram esse tipo de coisa.

 

  1. Varie

Existem vááários tipos de legumes por aí. Experimente todos eles. Assim que você achar um que seu pequeno gosta, fica mais fácil fazer com que ele tome gosto pelos outros. E convenhamos, eles também não são obrigados a gostar de tudo, né?

 

  1. Crie histórias

O espinafre é a comida que deixa o Popeye forte. E você quer ser forte como o Popeye, não quer? Abuse da criatividade na hora de envolver suas crianças.

 

  1. Seja o exemplo

As crianças veem os pais como modelos de vida, querem ser iguais a eles e sempre tentam imitá-los. Aproveite para passar bons exemplos. Sempre que possível, coma junto com elas e dê uma atenção especial aos legumes e verduras. Comente como são gostosos, fazem bem e que eles te deixaram forte e inteligente. Mesmo que não funcione na primeira vez, isso vai instiga-los e diminuir a resistência deles para as próximas refeições.

 

  1. Aconteça o que acontecer, não brigue jamais

Você nunca deve se irritar com seus filhos ou castiga-los porque não comeram as verduras e legumes. Isso vai fazer com que eles associem experiências negativas aos alimentos, algo que pode atrapalhá-los pelo resto da vida.

 

Se eles se recusarem a comer, varie suas táticas, ou espere um ou dois dias pra tentar de novo. Este é um processo que pode levar tempo e a persistência é a chave.

Deixar um comentário

Alto Verão Elian 2018

O verão chegou chegando na Elian! Olha essa nova coleção, que coisa mais linda!

Imagine uma aventura na praia perfeita, com muito sol, um mar azul bem refrescante e, claro, muuuitos amigos! Assim é o Alto Verão Elian, um show de alto-astral que você vai conhecer em primeira mão agora.

É um verdadeiro oceano de opções para os pequenos, com peças estilosas e malhas bem leves para curtir o melhor do verão.

Para as meninas, os cítricos – amarelos mentolados, laranja, tons de azul e pink – dão o tom nos estampados, peças lisas e navy.

No lado dos meninos, a pedida são os momentos divertidos na praia, com muitas brincadeiras na areia.

A aventura está completa com os super-heróis da linha Fun, que topam qualquer parada.

A linha Beats chega com tudo pros nossos teens fazerem bonito no meio da galera, com a leveza das borboletas e das flores mescladas com estampas localizadas e elementos espelhados. Para os meninos, a pedida são peças clássicas com um toque de modernidade, onde a leveza litorânea e a vibe dos Emirados Árabes marcam presença.

Veja o restante da coleção e prepare-se pra um verão que vai ficar pra sempre na memória.

Deixar um comentário

Receita do dia: Bolo de chocolate da Vovó

Eu não sei vocês, mas quando chega fim de semana me dá a maior vontade de comer um docinho. Para essas horas, eu tenho uma receita na manga que faz o maior sucesso com a família e também é perfeita pra festinhas ou eventos especiais. E o melhor: é bem fácil e rápida de fazer!

Cada pessoa tem a sua receita de bolo especial e essa é a minha: o Bolo de Chocolate da Vovó :)

Dicas:

O forno tem que ser pré-aquecido por pelo menos 10 minutos. Quando chegar na metade do processo de fazer a massa, já dá pra ir ligando.

– Para saber se o ovo está bom: coloque dentro de um recipiente com água, como um copo. Se ele afundar, está bom. Se boiar completamente, está estragado.

– O fermento é a última coisa que você vai botar antes de levar pro forno.

– Cuidado com o tempo do forno. Eu deixo o meu por 20 minutos e nem um minuto a mais, mas quem cozinha sabe que essas coisas sempre variam. Pra ver se a massa está no ponto, fure-a com um palito de dente. Se ele sair sequinho, pode tirar do forno.

– Comece a fazer a cobertura um pouquinho antes de tirar a massa do forno. O ideal é começar a espalhar pelo bolo ainda quente. Mas antes faça vários furinhos com um palito de dentes no bolinho já pronto para incorporar melhor e ficar ainda mais molhadinho. Uma delícia!

Ingredientes:

Massa:

2 xícaras de farinha

2 xícaras de chocolate em pó

1 xícara de açúcar

3 ovos

1 xícara de água fervendo

1 xícara de azeite

1 colherzinha de fermento

Passo a passo

1. Pré-aqueça o forno por 10 minutos.

2. Comece a misturar os ingredientes, começando pelos secos: a farinha, o chocolate em pó e o açúcar – menos o fermento. O fermento vai por último, senão perde o efeito.

3. Depois de tudo misturado, acrescente os ovos e misture bem.

4. Acrescente então o azeite, depois a água fervendo e misture bem mais uma vez.

5. Agora sim acrescente o fermento.

6. Despeje a massa numa forma untada com manteiga (pode ser margarina) e farinha de trigo.

7. Leve ao forno por cerca de 20 minutos em temperatura média-alta.

Cobertura:

1 colher de sopa de manteiga

1 xícara de açúcar

1 xícara de chocolate em pó

5 colheres de sopa de leite

Junte todos os ingredientes numa panela e leve a fogo baixo, mexendo sempre até dar o ponto. Se quiser uma cobertura mais cremosa e brilhante, tire do fogo assim que os ingredientes se misturarem bem.

Se você deixar mais tempo, ela vai ficar mais cristalizada.

E muito importante: é recomendável que crianças menores de 2 anos não comam açúcar. Mesmo acima dessa idade é preciso monitorar e não exagerar. A gente sabe que vocês, mamães e papais Elian, cuidam muito bem dos seus pequenos, mas um bom conselho sempre vai bem :)

Deixar um comentário

Meus filhos passam pra minha cama no meio da noite. E agora?

Quem nunca foi acordado no meio da noite pelos filhos querendo um espaço na nossa cama, né? Mas apesar de comum, essa situação causa muita preocupação. Como a gente faz pra ensinar nossos pequenos a dormirem sozinhos?

Primeiro, é preciso entender que é normal a criança ter medo. Podem ser vários os motivos: do escuro, de ficarem sozinhas, de coisas ruins que elas mesmo imaginam… sabendo da onde vem o sentimento de insegurança, fica mais fácil acabar com ele. Por isso, a primeira coisa a fazer é ter uma conversa ver o que está acontecendo.

É importante que você nunca menospreze seus filhos. O papel dos pais é justamente proteger. O que você deve fazer é tranquiliza-lo. Mostrar que está tudo bem e que você sempre estará por perto, mesmo dormindo em quartos separados.

A dica é usar a criatividade de acordo com a idade. Se o problema forem os monstros, faça uma “caça aos monstros” junto com eles e use um “raio antimonstro” pra proteger cada canto do quarto. Bichinhos de pelúcia ou animais de estimação também são muito bem-vindos, pois passam segurança.

Em caso de medo do escuro, deixe uma luz de presença (aquelas de ligar na tomada que iluminam bem fraquinho) ligada durante a noite. Também é aconselhável definir bem os horários do dia a dia e criar algumas situações relaxantes, como ler na cama.

Se o seu filho já for maiorzinho, tipo uns 10 anos, não se desespere. Isso acontece. O amadurecimento não é um processo totalmente linear e regressões são bem comuns. Deixe para procurar ajuda profissional só se ele estiver tendo algum tipo de problema físico, como insônia.

Deixar um comentário

E quando acaba a luz? Conheça brincadeiras pra fazer no escuro.

 

Até bem pouco tempo atrás, uma das coisas que eu menos gostava era quando acabava a luz aqui em casa. Ficava todo mundo meio perdido, sem saber o que fazer direito… por isso, comecei a procurar brincadeiras pra fazer no escuro. E olha, tem tanta coisa legal que agora a gente até torce pra ter uma quedinha de energia de vez em quando.

Separamos algumas pra você, pra dar aquela luz nas horas de escuridão :)

Sombras na parede

É uma brincadeira ótima, que além de ajudar a passar o tempo também ajuda a estimular a criatividade das crianças. Basta pegar uma lanterna, virar pra parede e fazer formas com as mãos bem perto dela. Depois, é só deixar os pequenos se divertirem tentando adivinhar o que são as sombras que você faz ou criando suas próprias figuras.

Histórias à luz de velas

A pouca luz cria um clima muito interessante, perfeito pra mexer com a imaginação. Sem contar que no escuro tem bem menos distrações, né? Então aproveite pra tirar os livros da estante e exercitar seu lado contador de histórias, não esquecendo de caprichar na interpretação.

Festa do Pijama

Acenda algumas velas nos cantos da sala, reúna a família, espalhe colchões, cobertores e bote todo mundo pra brincar como quiser. Vale cantar, se esconder, montar um forte… o negócio é fazer bagunça!

Caça ao Tesouro

Essa brincadeira seus pequenos vão adorar! Pegue algum brinquedo deles e esconda pela casa. Depois, dê uma lanterna e peça pra eles procurarem. Você pode deixar a brincadeira mais interessante dando dicas em forma de charada. Pro final, prepare um petisco bem gostoso como recompensa. Eles vão amar!

Esconde-esconde

Um jogo clássico que fica ainda mais divertido no escuro. Começa normal: uma pessoa fica contando enquanto as outras se escondem. A parte legal é que na hora de procurar, ela precisa usar uma lanterna. E isso faz toda a diferença, acredite!

Deixar um comentário