3 brincadeiras do passado para ajudar no desenvolvimento do seu filho

 

Lembrar da infância é sempre ótimo e brincar com os amigos era tudo de bom, né mamãe? Muitas das brincadeiras de antigamente quase nem são lembradas hoje… Mas por pouco tempo! Reunimos algumas das brincadeiras mais divertidas de tempos atrás para a criançada de hoje se desenvolver brincando.

 

Amarelinha

O que é? 

Uma brincadeira de pular sobre quadradinhos no chão.

 

A melhor parte! 

Amarelinha é uma brincadeira fácil de recriar em casa, pode ser jogado em mais de uma criança, o que estimula a socialização e, além de tudo, precisa que a criança se concentre e trabalhe seu equilíbrio enquanto pula.

 

Como fazer em casa?

Originalmente se riscava com giz de quadro no chão, mas para evitar sujeira no chão no sala basta marcar os quadradinhos no chão usando fita crepe ou até mesmo uma fita coloridinha e deixar a garotada se divertir.

 

 

Bambolê

O que é?

Se coloca um círculo de plástico na altura da cintura e se movimenta o corpo para manter o bambolê girando. Quanto mais se mexer, mais o bambolê ficará girando.

 

A melhor parte!

Esta atividade exige coordenação e estimula que a criança conheça a si mesma e vá aprendendo a movimentar apenas as partes do corpo necessárias para a brincadeira. Ah, e claro, mantém a criançada em movimento.

 

Como fazer em casa?

Você precisará apenas de um bambolê e muita energia.

 

Jogo da memória

O que é?

Fichinhas com figuras são espalhadas viradas para baixo. Duas fichas são escolhidas e uma ficha de cada vez é virada e a figura revelada. Ganha quem conseguir formar mais duplinhas entre as fichas.

 

A melhor parte!

Além de super divertida, a brincadeira faz os pequenos trabalharem a memória ao tentarem lembrar onde está a figura idêntica.

 

Como fazer em casa?

Você pode fazer um jogo da memória personalizado. Basta desenhar formas iguais em quadradinhos de papel ou mesmo imprimir duplinhas de fotos iguais.

 

Gostou? Então agora é só ensinar a criançada e deixar que eles aprendam brincando. E claro, vale o aviso que toda brincadeira precisa ser observada pelos adultos para garantir a segurança dos nossos pequenos. 

Boa diversão!

Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *