Música

Qual idade é a ideal para começar as aulas de músicas?

Você sabia que as aulas de música têm um efeito maravilhoso no desenvolvimento da criança? A música ajuda a melhorar a memória, a atenção, a habilidade de leitura e a compreensão matemática. Agora você deve estar pensando “Por que eu ainda não coloquei meus filhos na aula de música? ” Tudo bem, é normal os pais ficarem ansiosos para que seus filhos comecem o mais cedo possível.

Começar a estudar música cedo.

Uma ótima idade para começas as aulas de música é os 3 anos. Com esta idade a criança já consegue curtir as aulas e se beneficiam com elas. Hoje em dia diversas escolas de músicas já propõe o estudo de música para crianças, onde as elas aprendem um instrumento antes mesmo de saber ler.
Claro, vale lembrar que não são todas as crianças que apresentam interesse pela música. Existem crianças que têm interesse pelo esporte, pela dança ou qualquer outra atividade. É importante que os pais estejam cientes que fazer pressão para a criança a criança participar de atividades que elas não gostam pode fazer muito mal para a saúde.
O importante é que a criança faça aquilo que a faça feliz!

Deixar um comentário

Aprender a tocar um instrumento musical

shutterstock_142160560

A habilidade de tocar um instrumento musical é algo maravilhoso e nunca é cedo demais para começar a aprender. As crianças são muito curiosas e criativas por natureza, por isso possuem uma facilidade muito maior no aprendizado e desenvolvimento de seus talentos na infância.

A capacidade de tocar um instrumento e decifrar a linguagem musical será infinitamente útil mais tarde na vida do seu filho. Estudos têm mostrado que a música pode ajudar no desenvolvimento intelectual e psicológico das crianças, despertando dons e tornando-as mais maduras e confiantes.

O ideal é conversar com seu filho para ver se existe alguma vontade de aprender a tocar algum instrumento musical. Forçá-lo ou inscrevê-lo em aulas sem antes avisar não vai ajudar a promover o amor e compromisso com a música que você quer que ele desenvolva.

Ele pode querer tentar tocar o mesmo instrumento que você toca, ou pode dizer “eu não sei”. Caso seu filho não tenha uma preferência, o legal é fazê-lo experimentar até que encontre. Comece com o violão, piano e vá mudando.

Quando a criança começar a ter aulas, o melhor caminho para se destacar é praticar pelo menos meia hora ou mais por dia. Não seja muito duro e não a force, mas faça com que ela entenda o quanto é importante treinar. Incentive e motive, e não se esqueça de parabenizá-la, mesmo se não estiver indo tão bem.

Conforme seu filho ficar mais velho, ele pode querer tocar um segundo instrumento e se tornar um multi-instrumentista. Desde que essa vocação não prejudique os estudos, ele tem tudo para ser um grande músico!

Deixar um comentário

É hora de fazer música!

Aprenda a fazer instrumentos parecidos com bongô* para brincar com o seu filho.

maraca (1)

Você vai precisar de:
♥ Algumas latas limpas e vazias;
♥ Arroz / lentilhas;
♥ Balões;
♥ Elásticos (aqueles de dinheiro).

1. Comece colocando um pequeno punhado de arroz ou lentilhas em uma lata vazia. (Caso for uma lata que você abriu em casa, certifique-se de que não ficaram pontas, elas podem machucar seu filho).

2. Corte a ponta do balão e encaixe na parte aberta da lata.

3. Fixe o balão com o elástico.

maraca (2)

4. Você pode dar para o seu filho um par de baquetas, assim ele pode brincar e fazer mais bagunça!

maraca (3)

*O passo a passo deve ser realizado ou supervisionado por um adulto, especialmente na seleção das latas.

Deixar um comentário

Educação por meio da música

PianoKidPlaying

Seu filho está com dificuldade de ler e escrever? Tente colocá-lo em uma aula de canto ou instrumento.

Estudos apontam que a educação musical auxilia no desenvolvimento da alfabetização, além de levar à melhoria da memória, concentração e habilidades de comunicação.

Nina Kraus (The Journal of Neuroscience), neurobiologista, afirma que “Aprender música aparentemente remodela o cérebro das crianças de modo a facilitar e melhorar a habilidade de aprender a escrever”.

A música relaciona-se com a alfabetização de várias formas. A leitura de uma partitura, por exemplo, usa dos mesmos processos cerebrais do lado esquerdo do cérebro que o da leitura de um texto.

Mas não é só isso… A música também ensina autodisciplina, paciência, sensibilidade, aguça a percepção e desenvolve o raciocínio.

Existem diversas escolas que possuem projetos para educação musical de crianças a partir dos dois anos de idade. Vale a pena conferir.

Deixar um comentário

Dica de aplicativo: bebê mais

3

Há vários aplicativos disponíveis para dar uma ajuda extra na hora de se organizar com as atividades e horários, registrar o crescimento das crianças, ensiná-las e entretê-las. Mas hoje, vamos falar sobre o app Bebê Mais, disponível para Android e iOS.

A ferramenta foi desenvolvida a partir de estudos da American Music Conference, que comprovam o importante papel da música no desenvolvimento mental e emocional dos pequenos. Ela conta com objetos, palavras, animais, brinquedos e personagens curiosos, que divertem e ensinam as crianças de 0 a 4 anos, através de um repertório com cantigas populares, músicas clássicas e a voz de grandes intérpretes, com a participação especial de Nando Reis e Dinho Ouro Preto. Um ponto considerado negativo por alguns pais, é que há apenas 10 clipes gratuitos disponíveis; outros recursos são pagos.

O aplicativo Bebê Mais oferece um conteúdo elaborado sob consultoria pedagógica e psicológica, para garantir que as crianças aprendam com as músicas. Para saber mais, acesse o site bebemais.com.br ou leia sobre o aplicativo no seu smartphone ou tablet.

Deixar um comentário