brincadeiras

3 brincadeiras do passado para ajudar no desenvolvimento do seu filho

 

Lembrar da infância é sempre ótimo e brincar com os amigos era tudo de bom, né mamãe? Muitas das brincadeiras de antigamente quase nem são lembradas hoje… Mas por pouco tempo! Reunimos algumas das brincadeiras mais divertidas de tempos atrás para a criançada de hoje se desenvolver brincando.

 

Amarelinha

O que é? 

Uma brincadeira de pular sobre quadradinhos no chão.

 

A melhor parte! 

Amarelinha é uma brincadeira fácil de recriar em casa, pode ser jogado em mais de uma criança, o que estimula a socialização e, além de tudo, precisa que a criança se concentre e trabalhe seu equilíbrio enquanto pula.

 

Como fazer em casa?

Originalmente se riscava com giz de quadro no chão, mas para evitar sujeira no chão no sala basta marcar os quadradinhos no chão usando fita crepe ou até mesmo uma fita coloridinha e deixar a garotada se divertir.

 

 

Bambolê

O que é?

Se coloca um círculo de plástico na altura da cintura e se movimenta o corpo para manter o bambolê girando. Quanto mais se mexer, mais o bambolê ficará girando.

 

A melhor parte!

Esta atividade exige coordenação e estimula que a criança conheça a si mesma e vá aprendendo a movimentar apenas as partes do corpo necessárias para a brincadeira. Ah, e claro, mantém a criançada em movimento.

 

Como fazer em casa?

Você precisará apenas de um bambolê e muita energia.

 

Jogo da memória

O que é?

Fichinhas com figuras são espalhadas viradas para baixo. Duas fichas são escolhidas e uma ficha de cada vez é virada e a figura revelada. Ganha quem conseguir formar mais duplinhas entre as fichas.

 

A melhor parte!

Além de super divertida, a brincadeira faz os pequenos trabalharem a memória ao tentarem lembrar onde está a figura idêntica.

 

Como fazer em casa?

Você pode fazer um jogo da memória personalizado. Basta desenhar formas iguais em quadradinhos de papel ou mesmo imprimir duplinhas de fotos iguais.

 

Gostou? Então agora é só ensinar a criançada e deixar que eles aprendam brincando. E claro, vale o aviso que toda brincadeira precisa ser observada pelos adultos para garantir a segurança dos nossos pequenos. 

Boa diversão!

Deixar um comentário

Passo a passo: Fantoche de colher

Alô alô, o grande espetáculo vai começar. E com itens do cotidiano de casa, criatividade e muita imaginação, os pequenos terão muitas aventuras para contar em seu teatrinho de colher de pau. Confira como montar:

Blog-1

Primeiro um adulto irá montar o palco, deixando apenas para os pequenos a parte da decoração.

O que vai precisar:

  • Um pedaço de papelão retângulo;
  • Régua;
  • Estilete;
  • Materiais para decorar (tecido, fita adesiva, tinta, cola, lantejoula, etc.).

Divida o papelão em três partes. A parte do meio deve ser cerca de duas vezes maior que as partes laterais. Depois desenhe um retângulo na parte do meio, que será o espaço para o palco. Em seguida, sobre uma superfície dura, corte o retângulo. Então dobre as linhas marcadas. Pronto! Você agora tem o palco dos fantoches.

Agora, os pequenos entram em ação!

Deixe que eles decorem, seja com fita, tinta, tecido, lantejoulas… O que quiserem! Em seguida, é hora de providenciar os personagens do espetáculo com colheres de madeira, tinta, pincéis e muita imaginação. Deixe os pequenos criar seus próprios bonecos. E, claro, ainda é possível ir além com a criação de roupas, chapéus e tudo o que imaginar.

blog-2

Agora, tudo pronto! Deixe a imaginação deles ir longe através dos personagens de madeira, diversas histórias. E que tal chamar os amiguinhos para esse espetáculo ficar melhor ainda?

blog-3

Deixar um comentário

Brinquedos Educativos: Aprender pode ser muito divertido

Eles são pensados e fabricados por gente que leva a brincadeira muito a sério. “Todos os nossos brinquedos são desenvolvidos com a consultoria de psicólogos e pedagogos” revela Sandra Valente Battistela, gerente de produtos da Mattel.

Sandra, assim como milhões de profissionais no mundo, se dedica a fazer brinquedos para estimular as habilidades de aprendizado dos pequenos, respeitando cada etapa de desenvolvimento deles. São os chamados: “Brinquedos Educativos”.

O “Automóvel das Palavras” garante diversão e aprendizado para a criançada.

Nessa categoria se encaixam os famosos quebra-cabeças e lego. Mas o mercado está cada vez mais sofisticado. No ano passado, no Brasil, foi realizada a 3ª edição do “Brinquedo Educativo do Ano”. Os próprios consumidores elegem os produtos mais inovadores através de uma pesquisa de mercado. O grande vencedor de 2010 foi o “Automóvel das Palavras”.

As peças educativas produzidas são baseadas em crianças de 0 a 6 anos. Com certeza existe uma certa para seu filho. Para saber mais: www.brinquedoteca.com.br

1 comentário

Como escolher as roupas ideais para as crianças

Criança adora brincar. Corre de um lado para o outro, se contorce nas mais variadas estripulias.  Esse fato deve ser levado em conta na hora de escolher as roupas que os seus filhos vão vestir.

Conforto e qualidade devem estar sempre presentes nas peças do vestuário infantil. “As roupas devem ser ajustadas ao tamanho da criança. As justas não são confortáveis para a criança por inibirem os movimentos dela”, explica o produtor e consultor de moda, Robi Spatti.

E é claro que a Elian tem tudo que seu filho precisa! Com mais de vinte anos de história, a marca é sinônimo de estilo, lança tendências e deixa papais e mamães tranquilos por apostar alto no quesito qualidade e conforto.  O conceito da marca “A roupa virou brincadeira”, traduz exatamente o que a Elian quer proporcionar para seu filho: conforto e diversão. Porque  acreditamos que aproveitar cada momento faz parte da construção da personalidade e educação dos pequenos.

Então que tal algumas dicas com a nossa Coleção Inverno 2011, que propõe uma gostosa viagem imaginária pelo túnel de tempo? Para as meninas peças com todo o charme romântico e para os meninos roupas inspiradas nas disputas automobilísticas de antigamente.

Deixe seu filho vestir toda a magia da infância!

Um toque de graça na estampa de bolinha laçinho na lapela

Estampa divertida para os meninos

Um colarinho alinhado bem ao estilo “bom moço”. Não fica uma graça?

Muito charme na composição do look para as “mocinhas”

Vamos combinar que esta coleção está um a.r.r.a.s.o, né? Confira muito mais no nosso site. ;-)

17 comentários

Acidentes domésticos com crianças – alertar com amor é o melhor remédio

Sua casa é um mundo fascinante a ser explorado por um bebê que está começando a engatinhar e se apoiar nas coisas. Os maiorzinhos, entre 3 e 6 anos, também se encantam pelas novidades e vão tocar, desmontar e experimentar coisas e objetos que podem machucá-los.

Como as crianças não têm noção do perigo acabam se acidentando dentro da própria casa. Cabe aos pais a tarefa de protegê-los e evitar dores de cabeça. As crianças de idade mais avançada já tem condições de entender, com uma boa conversa, que este ou aquele objeto aparentemente inocente pode causar acidente. Já para os menores, o melhor mesmo é criar barreiras que o mantenham longe dos perigos.

Se este cenário faz parte do seu dia-a-dia, preste atenção a algumas dicas para evitar transtornos com os pequenos e lembre-se: o amor e o diálogo são as melhores formas de educar para a vida.

– Não permita brincadeiras na cozinha;
– Afaste sofás e mesas da janela;
– Grades devem ter de 6cm a 8cm, para não permitir a passagem da cabeça;
– Mantenha material de limpeza e medicamentos fora do alcance;
– Não deixe baldes e bacias com água no chão, evitando risco de afogamento;
– O vaso sanitário deve permanecer fechado e a tampa deve ser pesada para evitar a abertura;
– Tomadas devem ser fechadas com protetor adequado;
– Lençóis e protetores de berço devem estar fixados ou amarrados para evitar sufocamento;
– Retire toalha das mesas, o bebê pode puxá-la e derrubar tudo sobre si;
– Mantenha sacos plásticos de alcance;
– Observe a idade indicativa dos brinquedos e os selos reguladores do INMETRO ( Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) e ABRINQ (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos);
– Retire tapetes para evitar tropeções e escorregões.

Cuide das crianças na cozinha, ela é perigosa para pequenos curiosos!

ituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) e Abrinq (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos)
1 comentário